Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Defensoria, Movimento Negro e parceiros arrecadam livros infantojuvenis em campanha de incentivo à leitura de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade

Reuniao campanha leitura

Reunião sobre a campanha foi realizada na Defensoria Pública Geral.


Texto: Guilherme Henri

A Defensoria Pública de Mato Grosso do Sul, o Movimento Negro em MS e parceiros arrecadam livros para a campanha de “Incentivo à Leitura de Crianças e Adolescentes em Situação de Vulnerabilidade” em Campo Grande.

Conforme a coordenadora do Núcleo Institucional de Promoção de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Nudeca), defensora pública Débora Maria de Souza Paulino, a campanha foi idealizada junto com secretarias, órgãos e entidades na esfera municipal e estadual.

“Nosso objetivo não é apenas incentivar a leitura, mas também difundir o conhecimento. Uma criança e um adolescente que conhecem seus direitos estão menos expostos a sofrer qualquer tipo de violência”, destacou a coordenadora do Nudeca.

Os livros serão arrecadados até o último dia de novembro e deverão ser entregues para as crianças que vivem na comunidade Homex em dezembro.

“O Movimento Negro é um movimento social que surgiu como forma de reivindicação na década de 70 para enfrentar a violência. Em Campo Grande, começamos a atuar em 2019 com a capacidade de agregar a juventude e o público LGBTQIA+ como forma de fortalecer as periferias”, explicou a representante do movimento no Estado, Rosana dos Santos.

Parceiros

Além da Defensoria, participam da campanha a Secretaria Municipal de Assistência Social (SAS); a Coordenadoria de Defesa dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes (SDHU - Subsecretaria de Direitos Humanos Campo Grande); o Corpo de Bombeiros Militar de MS; a Secretaria Municipal de Educação (SEMED); a Secretaria de Estado de Cidadania e Cultura (SECIC); a Subsecretaria de Políticas Públicas para Mulher do Governo do Estado; a Secretaria de Estado de Educação (SED) e a Secretaria Municipal da Juventude (SEJUV).

Presença

Participaram do lançamento oficial da campanha, a primeira subdefensora pública-geral, Maria Rita Barbato; o assessor para assuntos institucionais, defensor público Pedro Paulo Gasparini; a coordenadora do Nupiir, defensora pública de Segunda Instância, Neyla Ferreira Mendes; o coordenador do Nudedh e NAE, defensor público Mateus Augusto Sutana e Silva; Rosana Santos de Oliveira – Movimento Negro Unificado (MNU); Matheus Firmino Leite – Movimento Negro Unificado (MNU); Tereza Raquel Filippi Gómez – Coordenadoria Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente; Aguinaldo de Araújo – Subsecretaria Municipal de Defesa dos Direitos Humanos (SDHU); Mônica Cristina Silvano – Secretaria Municipal de Educação; Pablo Braga – Secretaria Municipal da Juventude (SEJUV); José Augusto dos Santos – Secretaria de Estado de Educação (SED); Eduardo Romero – Secretaria de Estado de Cidadania e Cultura (SECIC); Tereza Cristina Miglioli Bauermesiter – Secretaria Municipal de Assistência Social (SAS); Luciana Azambuja – Subsecretaria de Políticas para a Mulher (SECC) e Maxwelbe de Moura Fé – Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul.

Fim do conteúdo da página